Buscar
  • Ricardo Bucciarelli

Frete fob: saiba o que é e como calcular

Após as negociações pelo preço de uma mercadoria, existem diversos tipos de frete que poderão ser acertadas entre clientes e fornecedores. Nos modal de transporte marítimo, o Frete Fob é um deles.


Mas essa modalidade não é a única. Entender qual a diferença entre Frete CIF e FOB é importante para garantir a viabilidade do negócio e tornar a gestão mais segura.


Para enfrentar os desafios logísticos, os empresários que precisam utilizar esse serviço devem conhecer as possibilidades que existem para manter a competitividade, já que podem existir outros custos que serão somados ao custo final do produto comercializado.



Frete fob: saiba o que é e como calcular


O que é Frete FOB?


Quando se quer entender o que é CIF ou FOB, a primeira coisa a saber que a principal diferença entre essas modalidades de frete é quem paga pelo transporte e seguro de uma mercadoria.


Para cada tipo de frete existe o melhor modal de transporte, pode ser marítimo, ferroviário, hidroviário, rodoviário, dutoviário e aeroviário. Nestes dois casos, o modal marítimo é o indicado.


Mas o que significa Frete FOB?


A sigla Fob quer dizer “free on board”, esse termo é traduzido como “livre de bordo”, o que vai significar que o comprador vai assumir todos os riscos e custos que podem incidir sobre o transporte da mercadoria.


Assim, o fornecedor tem o compromisso de colocar o produto a bordo do navio no porto que o importador designar, porém, toda e qualquer responsabilidade fica a cargo do comprador já no momento em que o produto é colocado no meio de transporte.


Também é preciso atender a todas as responsabilidades da exportação.


Além disso, o comprador deve informar quem deverá fazer a retirada dessa mercadoria, mas é importante lembrar que, para isso, existe a necessidade de haver uma estrutura logística para retirada e transporte após chegada no local destinado.


Existe outra sigla que também que é referente ao transporte de mercadorias.


Para quem quer entender o que é frete CIF e FOB, vale saber que no caso do CIF, a sigla quer dizer “Coast, Insurance and Freight”, que na nossa língua significa “Custos, Seguros e Frete”. É o frete pago na origem.


Essa tradução revela que o fornecedor vai assumir todos os riscos e custos, incluindo seguro no modal escolhido e frete. Uma das desvantagens desse procedimento é ficar refém de terceiros caso aconteça qualquer problema no transporte.


Os fretes CIF e FOB fazem parte dos Incoterms (Termos Internacionais de Comércio), que é um conjunto de regras criadas para facilitar o comércio entre países.


Os termos internacionais surgiram a partir da globalização que derrubou fronteiras e intensificou o comércio internacional. O objetivo principal da criação das regras era tornar os negócios mais claros e confiáveis.


São 11 termos no total, agrupados em 4 categorias, que definem como e onde a mercadoria será entregue. Para isso, é levado em consideração os meios de transporte.


Quando o Frete Fob é utilizado?


O Frete Fob é utilizado em operações com transportes aquaviários e marítimos, enquanto outras modalidades podem abranger até o transporte multimodal.


O Frete Fob é o Incorterm mais utilizado no comércio internacional, por isso, é muito comum nos procedimentos de exportação e importação, onde a declaração de importação (LINK) é essencial.

Mesmo após entender o que é o frete Fob, também é importante saber que ele costuma ser utilizado nas entregas entre negócios B2B, especialmente quando as cargas têm alto valor agregado, o que pode tornar o frete igualmente alto.


Normalmente, o Frete Fob é utilizado em negociações de compras de produtos ou matérias-primas e pode ser incluído até mesmo nos regimes aduaneiros especiais.


Essa modalidade de frete também permite que entrem em acordo durante a negociação, o que torna mais ágil o processo de venda e envio, reduzindo algumas burocracias de despacho.


Como calcular Frete FOB?


Existem alguns fatores que irão influenciar o preço do Frete Fob, como valor, peso e tamanho da mercadoria, distância percorrida, modal de transporte, além de tributos e pedágios.

Por exemplo, no caso de mercadorias muito valiosas, o frete é calculado a partir do valor declarado na Nota Fiscal, porque, além do valor em si, podem exigir cuidados especiais. No caso de joias de alto valor, por exemplo, muitas vezes, exige-se até mesmo a presença de escolta no transporte.


  • Peso: é relação entre o peso bruto e o peso cubado dos itens que serão transportados. O cálculo adotado será do maior valor entre eles;

  • Valor: o frete é calculado a partir do valor em NF;

  • Distância: quanto maior for o percurso, mais alto é o preço do frete, a partir do gasto de combustível;

  • Características do destino: se o local for perigoso, frete poderá ser mais caro, com cobranças de taxas extras;

  • Modal de transporte: tipo do meio de transporte também vai influenciar no valor total do frete;

  • Características da carga: o tipo da carga também define o valor total do Frete, não só as joias preciosas, mas existem cargas que exigem cuidados e manuseio especiais, como carga viva, artigos delicados como flores e plantas ornamentais, quadros artísticos, produtos perecíveis, etc.

Taxas específicas


Existem algumas taxas que também vão compor o cálculo do valor do Frete Fob:


  • Taxa de coleta e entrega;

  • Taxa de dificuldade na entrega (TDE), aplicada para locais de difícil acesso;

  • Taxa de restrição do trânsito (TRT);

  • Taxa de reentrega, para quando o cliente se recursar a receber ou está ausente;

  • Frete mínimo, que é definida por um peso mínimo e aplicada até mesmo caso a mercadoria não alcance.

O valor ideal do frete Fob é calculado a partir de todas as variáveis acima. Mas o cálculo manual pode conter erros, que se tornam verdadeiras armadilhas para os resultados finais.


Por isso, muitas empresas utilizam softwares de transporte e logística, que incluem todos as variáveis no sistema e extraem o valor exato do Frete Fob.


Também é muito importante conhecer o fato de que independentemente da modalidade do frete, ele será somado ao valor da NF e considerado também para cálculos de ICMS, IPI, PIS e Cofins.


Mas seja independente de entender o que é Frete FOB ou CIF ou como calcular o frete FOB, é indispensável que a mercadoria seja monitorada e rastreada, com acompanhamento em tempo real. Essa medida vai aumentar a confiança no transporte.


E para isso, os softwares de rastreio também são importantes porque compartilham informações sobre o status de envio em tempo real, e isso favorece identificação de problemas e soluções de forma mais ágil.


Se você precisa de mais informações sobre o frete ideal para a sua mercadoria, entre em contato conosco!

0 visualização

© 2016 Total Trade - Todos os direitos reservados. Proibida toda e qualquer reprodução.